Como projetar chuteiras

Botas de futebol têm percorreu um longo caminho no projeto desde os anos 1970 e anteriores. Materiais das botas, função pretendida, e até mesmo colorir tudo vir a desempenhar durante o processo de design.

O objetivo do Chuteira Designer

Se você deseja criar chuteiras, o processo de projeto deve começar com o fim em mente. Não fazer isso irá resultar em desperdício de energia e uma bota que pode parecer bonito, mas um mau desempenho, ou vice-versa.

Muitos dos materiais possíveis das botas de futebol será excluído com base na faixa de preço pretendida. Pele de animais ou materiais sintéticos têm diferentes custos com base na raridade da pele do animal ou o custo de desenvolvimento do produto, respectivamente. Flexibilidade, durabilidade, e a textura da parte superior do sapato são todos para ser considerado na escolha do material. Se você não está limitado pelo orçamento, então considerar a função pretendida do sapato.

Se o sapato é feito para jogar em superfícies duras, em seguida, ele vai exigir várias pequenas presilhas na sola. Grande, chuteiras amplamente separados são melhores para botas de futebol para brincar em campos molhados ou macios. Materiais mais leves beneficiar jogadores ofensivos que desejam velocidade, mas os sapatos desgastam mais facilmente. Materiais mais grossos são para o jogador que gostaria que a bota de futebol para durar um ano ou mais. Geralmente, quanto mais grosso o sapato, mais tempo vai durar.

Por fim, a cor tornou-se um fator importante na decisão sobre chuteiras para os consumidores. Os dias de botas pretas com um logotipo branco da fabricante estão muito longe. Certas cores podem ser escolhidos para complementar o uniforme, enquanto outros podem significar uma fidelidade a um país ou uma liga particular. Para a maior parte, uma vez que o resto dos elementos de design estão no lugar, a quantidade de cores disponíveis só será limitado pelo seu orçamento, gosto e imaginação.

A maioria das botas não vai ficar na moda há mais de cinco anos, por isso não tenha medo de correr riscos. É provável que haja um mercado crescente e desejo de novos estilos de chuteiras para as gerações vindouras.